Olá, Amigo visitante!


Olá, amigo visitante!


Fico lisonjeada com a sua visita e por isso desejo que você continue nos visitando.

Gostaram do nosso blog?

Então, seja um seguidor.

Você não precisa ter site ou blog, basta possuir conta de e-mail.
Pode clicar logo abaixo e nos seguir.

Para curtir nossa Fan Page no Facebook :
https://www.facebook.com/atelieartedebordar

Para seguir nossa Comunidade Bordados&Crochê by Ateliê Arte de Bordar:
https://plus.google.com/communities/102688592077303316242

Com carinho deixo um selinho pra todos vocês! Está na barra lateral esquerda do blog podem levá-lo.

Arte de Bordar agradece.

OBRIGADA POR SEGUIR ESTE BLOG

Vitrine do Ateliê Arte de Bordar

Acompanhe nosso Blog

Google+ Badge

sexta-feira, 24 de maio de 2013

Flores no Jardim - Lee Albrecht: Como nasce um Bordado?




Olá,
Bom Dia a todos!
Que seu dia seja simples assim...






Li este post no blog da Lee Albrecht. Achei bem interessante e inspirador e 
trouxe pra compartilhar com vocês que nos visitam neste dia.

Vamos refletir?

Como nasce um Bordado?



Um bordado nasce em um momento de inspiração...
hoje com a ajuda da tecnologia...
conseguimos planejar,
desenhar,
escolher materiais adequados,
combiná-los de uma forma harmoniosa...





mas, 
normalmente quando estamos executando
o trabalho de bordar...
sentimos que devemos mudar algo pelo caminho....
muitas vezes,
precisamos buscar em nosso íntimo ... 
qual o melhor ponto a executar....
e são milhares de pontos diferentes e
não basta olhar e procurar em livros.... 

E a cada dia descobrimos uma nova maneira 
de fazer um bordado!!! 
Talvez como em laboratório de pesquisa....
 bordamos, desmanchamos, 
rebordamos até conseguirmos o ponto,
a técnica ideal...
algumas vezes buscamos rendas... 
outras vezes miçangas...

algumas vezes trabalhamos com texturas diferentes...
seda... 
contrastando com o algodão rústico...
algumas vezes.... usamos somente tecidos claros....
outras vezes necessitamos de cor...

e essa escolha muitas vezes depende do nosso 
estado emocional, 
do nosso controle sobre as situações...
Assim nasce uma nova peça bordada....

Mas daí acontece o grande desafio...
Procurar a melhor maneira de ensinar...
Mostrar o melhor caminho para começar o bordado!!
Muitas vezes o meu caminho... é diferente do caminho
da minha aluna...
Muitas vezes...precisamos ensinar a coordenação
fina das mãos...
Outras vezes ensinar que os movimentos do bordado...
são movimentos leves e curtos....

Algumas vezes precisamos encontrar 
as palavras certas e fáceis...
para transmitir com clareza nosso pensamento....
Outras vezes sentimos a necessidade de ensinar 
que o tecido e 
as linhas não pesam ou talvez pesam algumas gramas....

Pois muitas vezes seguramos o bordado nas mãos, 
como se ele fosse monstruoso!! 
Amassamos, amarrotamos o tecido... dobramos... 
esticamos o ponto.... brincamos e brigamos com ele...

Mas, todo esse esforço.... nos leva a um caminho maravilhoso....

E daí sentimos como se lê em Êxodos 25 a 31, o Senhor 
falando a Moisés sobre a construção do tabernáculo e a 
confecção das vestes sacerdotais - 
"...e o enchi do espírito de Deus, de habilidade, de inteligência e 
de conhecimento, em todo o artifício. Para elaborar desenhos e 
trabalhar em ouro, em prata, em bronze, para lapidação de pedras
 de engaste, para entalhes de madeira, para toda sorte de lavores...
 eles farão tudo segundo tenho ordenado".


Aqui nessa postagem foram usadas várias técnicas de bordado:
ponto cruz, hardanger, crazy quilt, crazy quilt victoriano e
diversos pontos livres de bordado.


Flores no Jardim - Lee Albrecht: Como nasce um Bordado?:
Um bordado nasce em um momento de inspiração... 
hoje com a ajuda da tecnologia... conseguimos planejar, desenhar, 
escolher materiais a...


Bom final de semana!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário e sugestão são bem vindos.
Volte sempre!